Últimas notícias

Notícias do Roteiro

  • Home
  • Notícias
  • Vinho doce: um resgate às origens em tempo de vindima
Vinho doce: um resgate às origens em tempo de vindima

Vinho doce: um resgate às origens em tempo de vindima

  • 30 Jan, 2020 às 08:18
  • por Nova Prata
  • 152 Visualizações
Compartilhe:

Historicamente, os primeiros imigrantes italianos e alemães da Serra Gaúcha, colhiam as uvas e as esmagavam com os pés. Era um longo processo feito por toda família na época de vindima, o período de colheita da uva. Logo após o esmagamento da uva, o mosto doce era bebido por todos. Na época também era bem comum, comer-se o pão molhado nesse mosto. Fermentado, o mosto era transformado em vinho, quase todo ele tinto, de uva Isabel.

Hoje chamamos o "vinho doce" por cultura, mas ele nada mais é do que suco não processado, que refrigerado a zero graus, a levedura presente no mosto, transforma este suco em vinho ao longo do tempo. Para relembrar esta cultura repleta de  sabores e aromas, dois municípios da Região Uva e Vinho da Serra Gaúcha tem programação especial para os próximos finais de semana.

Em Nova Prata, integra a programação do Festival de Verão, a Festa do Vinho Doce, que levará à Praça da Bandeira, as delícias da estação produzidas em terras Pratenses: uvas e vinho doce, produtos coloniais e outras atrações como apresentações de música e dança, pisa da uva, produção de torresmo e de chimia e campeonatos de cartas poderão ser conferidas neste final de semana. A Festa acontecerá dias 01 e 02 de fevereiro (sábado e domingo) de tarde e noite, é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Nova Prata, que conta com o apoio da EMATER. Confira a programação de Nova Prata:

Dia 01.02 – Sábado

14h – Campeonato de Bisca

18h – Grupo Novo Milênio (Nova Prata)

18h30min – Coral Ecco Dei Monti (Protásio Alves)

19h – Coral Per Tutte L´Etá (Nova Prata)

Dia 02.02 – Domingo

14h – Campeonato de Trissete

16h – Meninas Violeiras (Nova Prata)

16h30min – Coral Luz e Vida (Guabiju)

17h – Show de música italiana com Jeverson Carelli e Grupo Identidade

Em Veranópolis, até o dia 15 de fevereiro, todos os sábados acontece a Feira do Vinho Doce, Uva, Artesanato, Agroindústrias e Produtos, na Praça XV de Novembro, das 8h às 11h30. Os produtos são todos de origem da agroindústria ecológica e familiar, diretamente do produtor. Além dos produtos alimentícios, as frutas, verduras, pães, queijos, salames entre outros, o artesanato está presente nos produtos oferecidos pelos artesãos associados a ARTEVE – Associação do Artesão de Veranópolis. A realização é da Prefeitura Municipal de Veranópolis e Emater/Ascar RS.

Nova Prata e Veranópolis integram o Roteiro Termas e Longevidade, uma iniciativa da Atuaserra – Instância de Governança Regional Uva e Vinho em parceria com os respectivos municípios, e tem como apoiadora a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Estado do Rio Grande do sul, através da Consulta Popular RS.