Últimas notícias

Notícias do Roteiro

  • Home
  • Notícias
  • 4 lugares que os amantes de vinhos precisam conhecer
4 lugares que os amantes de vinhos precisam conhecer

4 lugares que os amantes de vinhos precisam conhecer

  • 08 Mai, 2020 às 13:15
  • por Veranópolis
  • 411 Visualizações
Compartilhe:

Que vinho é saúde, todo mundo sabe. O que se sabe genericamente é que uma taça de vinho por dia faz bem para o coração, inclusive se tem estudos que comprovam a contribuição do vinho para a menor formação de coágulos, menor formação de radicais livres, a melhora do sistema imunológico e também o mais conhecido: retarda o envelhecimento celular e orgânico. Dito isso, o Roteiro Termas e Longevidade convida os amantes de bons vinhos para, quando tudo isso passar, viver e experimentar, além das águas termais, as experiências que quatro pequenas vinícolas oferecem. Passando a Ponte Ernesto Dorneles (Rio das Antas), em Veranópolis, além de gastronomia típica italiana e polonesa e belíssimas paisagens, a Vinícola Simonetto e a Vinícola Antônio Bin têm uma variedade de vinhos que atende perfeitamente até os paladares mais exigentes.

Na propriedade, rodeada de natureza e bem no meio de paisagens rurais, a família que lidera a Vinícola Antônio Bin traz no nome uma homenagem aos antepassados e a tradição familiar na fabricação de vinhos. A linha de produtos elaborados na Vinícola tem características muito próprias e originais, assim como a acolhida aos visitantes, peculiar dos descendentes de famílias italianas. A comercialização dos produtos inclui a degustação de vinhos, sucos e espumantes em um local repleto de histórias. Também, no local é mantido em funcionamento a antiga ferraria, marcenaria, serraria e moinho para uso da família. Possui vinhedos próprios no alto da serra e elabora vinhos finos e de mesa.

A Simonetto tem no seu nome a prova da origem, desde a chegada de Francesco Simonetto, imigrante italiano, no ano de 1901, em Monte Bérico (comunidade rural de Veranópolis). O valor e a sensibilidade ao vinho perpassam gerações até chegarmos nos administradores atuais, pais e filho que elaboram artesanalmente, cerca de 40 mil litros de vinhos finos, de mesa e suco integral. A produção limitada é sempre realizada com cuidado especial desde a qualidade da uva até sua maturação em caves. Reconhecida no setor, chegou até a ir para o Japão, tamanha a tradição do trabalho na terra, a arte e o amor no cultivo da videira. Uma experiência bem marcante aqui é o Sabrage da Longevidade, onde é possível realizar uma sabrage* de um espumante, degustar a bebida e levar a rolha da garrafa de lembrança para casa.

Saindo de Veranópolis e indo para Cotiporã (cerca de 20km), além das paisagens lindíssimas do caminho, encontraremos a Cave Marson, que iniciou sua história por volta de 1887, quando os primeiros membros da família Marson, originária da região de Vêneto, na Itália, estabeleceram-se na colônia de Monte Vêneto, hoje município de Cotiporã. O projeto de vitivinicultura se aprimorou e hoje apresenta vinhos com padrão de qualidade internacional, expressando o terroir local. Desde 1970, a vinícola mantém as características preservadas e reúne netos e bisnetos do pioneiro italiano Antônio Marson para o atendimento aos visitantes. De antigo e imutável, a vinícola guarda a filosofia embasada nos conceitos do seu fundador "Vinho é sinônimo de alegria, emoção, paciência e honestidade".

A história da Vinícola Frei Fabiano tem origem no trabalho dos Freis Capuchinhos vindos da França que chegaram a Garibaldi em 1896, para trabalhar entre os imigrantes italianos. Logo, abriram as próprias escolas para a formação de futuros religiosos e sacerdotes, que motivou a construção do Seminário Santo Antônio em Vila Flores. Os Freis Capuchinhos passaram a cultivar, entre outras coisas, 30 hectares de vinhedos ainda em meados do século passado. A Vinícola Frei Fabiano oferece degustação harmonizada orientada por um Frei enólogo. O vinho de destaque aqui é o Vinho Santo, ou vinho canônico para missa, utilizado em muitas igrejas católicas de todo o Brasil, produzido de acordo com as normas exigidas pelo Direito Canônico estabelecidas pelo Vaticano.

Quando tudo isso passar, aguardamos você no Roteiro Termas e Longevidade para uma visita cheia de aromas, sabores e experiências. As cidades de Cotiporã, Nova Prata, Protásio Alves, Veranópolis, Vila Flores compõem o Roteiro Termas e Longevidade, que originou-se da iniciativa da Atuaserra em parceria com estes municípios, Instância de Governança Regional Uva e Vinho na Serra Gaúcha e, atualmente conta com o apoio com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Estado do Rio Grande do Sul, através da Consulta Popular RS.

 

*Sabrage: nome dado a antiga forma de fazer a degola das garrafas de champagne com um único golpe de sabre, iniciada nos tempos de Napoleão Bonaparte.