Sobre o Roteiro

Nova Prata

A Capital Nacional do Basalto


Vamos nos reportar ao início do ano de 1800, do milênio passado, logo após a conquista da região missioneira, realizada em 1801. Nos anos a seguir foi verificada a necessidade urgente de se dividir o Rio Grande do Sul em municípios, para de pronto melhor administrar a região. Foram então criados em 7 de outubro de 1809, os 4 primeiros municípios do Rio Grande do Sul: Porto Alegre, Rio Grande, Santo Antônio da Patrulha e Rio Pardo.

A Santo Antônio da Patrulha coube, através de sua Câmara, instalada em 3 de abril de 1811, administrar a vasta área municipal de 34.184 km², reunindo dentre outros distritos, o de São Paulo da Lagoa Vermelha, surgido na década de 1840.

Na segunda metade do século XIX, especialmente entre os anos de 1859 e 1862, o distrito de Lagoa Vermelha se destacava através de dois projetos de povoamento. E entre outros fatores que levaram a 12 de abril de 1876, através da Lei nº 1.081, o distrito a se tornar município.

Com a política imigratória de 1875, muitos imigrantes chegaram no estado do Rio Grande do Sul e povoaram todas as áreas disponibilizadas, entre elas estavam as terras de Lagoa Vermelha, que foram povoadas em grande parte pelos imigrantes italianos, oriundos do norte da Itália, região que sofria com os horrores da guerra.

Em 1884, o Governo Imperial criou a Colônia de Alfredo Chaves, nas terras pertencentes a Lagoa Vermelha. Essa colônia era atravessada de norte a sul por um picadão, que se mantinha graças ao pisotear das mulas e depois pelo passar das carroças. Em 1888, a estrada recebeu o nome de Buarque de Macedo. A partir de então, essas terras começaram a receber os imigrantes.

Nova Prata é destino certo para quem busca combinar gastronomia diversificada, lazer, saúde e belezas naturais. As águas termais do complexo Caldas de Prata se completam com o parque florestal, um lugar preservado por suas plantas nativas e espécies exóticas e a fauna surpreendente.